segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Seconds To Love - Capitulo 23 - Brasil?!



Mel POV’s on
Harry deu uma leve risada e pegou na mão de Rachel. Para mim ele estava prestes á falar que ela estava grávida.
Harry: Querido amigos e amigas eu gostaria de anunciar que eu vou me casar.
Todos que estavam na mesa ficaram atônitos e boquiabertos.
Louis: Ela está grávida?
Harry: Não, porque?
Mel: Pra você estar se casando com ela. Bem, mas se ela não está... felicidades aos noivos.
Louis: E é pra quando o bebê?
Mel: Boo Bear não tem nenhum bebê. Vai ter festa de noivado e essas coisas?
Rachel: Sim, nós faremos a festa amanha e depois viajaremos para o local do casamento.
Liam: Local do casamento? Não vai ser aqui?
Rachel: Nós queríamos fazer em uma praia, mas tem que ser uma bem bonita e que esteja bem calor.
Liam: Já decidiram em que praia farão isso?
Rachel: Pelo que me contaram tenho certeza de que a Mel vai amar. – Fiquei um pouco surpresa, mas levei na boa. – Nós iremos escolher alguma praia brasileira.
Pronto! A única coisa que eu fiz foi ficar imóvel e pálida. Voltar para o Brasil depois de tanto tempo. Sem falar que voltar significaria relembrar coisas que não deveriam sair das pequenas feridas em meu coração. Eu teria que rever a minha mãe, teria que levar Nicole e eu não conseguiria fazer isso. As pequenas lembranças de como nós ficavam com medo de ficar sozinhas em casa enquanto mamãe desaparecia para se tratar. Eram dias em que eu tinha que cuidar da minha pequena irmã, até que um dia recebi um telefonema do conselho tutelar. Nós iriamos morar com meus avós, mas os convenci a deixar-nos apenas em Londres. Nem me despedi de minha mãe, apenas deixei a casa junto de Nicole. Alguns meses depois eu falei com ela por telefone, mas ainda sim me considero incapaz de perdoa-la por nos deixar sozinhas e tão vulneráveis. Se eu pisar no Brasil tenho certeza de que começarei a chorar desesperadamente relembrando toda a minha vida ali. Não eu não poderia fazer, mas muito menos contaria isso aos meninos. Eu teria que fingir estar bem mesmo não estando. Sem falar que eu não poderia estragar a felicidade dos outros por minha causa, eu era a melhor amiga dele eu teria que ir.
Niall: Mel, você está bem? Está pálida? Comeu algo estragado?
Mel: Eu...eu preciso de água e de vodka muita vodka.
Harry: O que foi? Não gostou da ideia?
Mel: É claro que eu gostei, mas tinha que ser logo no Brasil? Existe Caribe, sabia? Lá é lindo.
Harry: Ah sim, mas achei que você gostaria mais do Brasil. Além do mais, nenhum de nós conhece as praias brasileiras.
Mel: Preciso de ar. Com licença.
Sai da mesa e fui para uma pequena sacadinha que tinha no restaurante. Com copo de água na mão tento me acalmar ao máximo. Era a noite dele e eu estava estragando tudo. Eu me acalmei e aos poucos senti um imensa vontade de chorar por me sentir tão incapaz.“Stay Strong” foi o que pensei. Eu sei o quanto aquele casamento importa para ele eu não vou decepciona-lo. Se eu devo ir para o Brasil para deixa-lo feliz eu vou!
Volto á mesa já melhor e menos pálida. Todos param para me olhar com olhares solidários e fofos.
Mel: Eu estou bem, apenas o nervoso do dia.
A conversa segue de ritmo calmo até estarmos todos rindo sem parar. Eleanor e Dani também estavam e com elas eu conversei por muito tempo. Todas as vezes que consigo sair com os meninos elas estão junto e são um amor de pessoa. Adoro as duas! Confio mais Eleanor, mas a Dani é minha amiga pra chorar. Não são como Stacy, mas são ótimas amigas. A noite passa rápido até estarmos todos afim de ir para casa.
Rachel: Antes de todos irmos embora, quero avisar que conto com vocês três – ela disse apontando para Dani, Els e eu. – como minhas madrinhas á pedido de Harry.
Vamos todos embora, mas antes de sair alguém puxa meu braço. Viro para trás e vejo aquele rosto angelical do Niall e o do safado do Harry.
Harry: Vai nos explicar o que aconteceu?
Niall: Isso inclui falar porque motivos você ficou tão pálida aquela hora. – Antes que eu pudesse explicar o que eu estava sentindo, Rachel chega.
Rachel: Ah me desculpem, estou atrapalhando alguma conversa importante? Acho que não né?! Vocês não falam nada de interessante. Harry nós podemos ir embora?
Harry concorda com ela e eles saem abraçados. Naquele momento senti muita raiva. Eu apoio o noivado do Harry e da Rachel, mas eu não posso nem mesmo compartilhar minha angustia com meu melhor amigo. Durante todo o jantar ela tomou conta da conversa. Ninguém ao menos me deixava falar, acho que era porque eu era a única solteira que não estava afim de ouvir coisas melosas. Tinha o Niall de solteiro ali também, mas ele estava saindo com alguém e estava nesse meio da conversa sobre romance. Se existia alguém que eu poderia contar sobre meus problemas era o Harry, mas não é mais possível e agora com esse casamento sair com ele vai se tornar quase raridade.
Niall: Tá esperando o que? Eu ainda estou aqui e quero ouvir tudinho.
Mel: Niall... eu não sei...
Niall: Mel, eu sei que você já não confia tanto em mim. Sei que eu me distancie de você, mas não significa que eu não esteja disposto á ser seu ombro amigo por hoje.
Resolvi que contaria tudo á ele contanto que ele me prometesse guardar segredo sobre isso. Niall presta atenção em tudo que eu falo e em nenhum minuto ele tirou os olhos dos meus. Depois que terminei ganhei um grande abraço dele. Senti-me confortável e segura, eu não queria sair dali. Depois de tanto tempo que se passou finalmente me sinto segura ao lado de Niall. Fui pra casa depois disso e dormi assim que cheguei.
Noutro dia combinamos que todas nós madrinhas tiraríamos as férias para ajudar a noiva com casamento. O dia já tinha começado bem e então chegou á hora do noivado. Era um almoço em um lugar bem distante tive que pedir pra que Liam e Dani me levassem. Eles iriam me buscar ás onze e meia eu ainda dormia às onze horas, mas com a força do pensamento me arrastei até o chuveiro. Coloquei uma roupa digamos elegante e comi alguma coisa antes de sair. Porque cá entre nós, essas festinhas você tem que comer pouco pra não ficar feio, ou seja, eu comi em casa mesmo. Meu interfone toca, é Liam.
Conforme vamos chegando ao local da festa vou ficando impressionada. É um lugar enorme e incrivelmente decorado. Eram tantos convidados que me deixou irritada. Acabei por conhecer as outras duas madrinhas. Mary a irmã de Rachel e Joyce sua melhor amiga. Elas foram simpáticas e convidou a mim e a Dani para sentarmos para começar a pensar no nosso trabalho como madrinha. Decidimos algumas coisas básicas e entramos no assunto de família e coisas do gênero.
Joyce: Depois que se têm filhos, você não tem mais vida. Aquelas pestes queimaram todos os meus vestidos de grife, só não arranquei as mãozinhas deles porque meu marido não deixou. – Todas riram – Quem disse que eu estou brincando?
Mary: Ah que isso Joyce! Eles são tão fofos!
Logo nos reunimos para fazer discursos sobre os noivos. Primeiro foi a noive, é claro. Mas quando ela abriu a boca e pude ter certeza de algo estava errado.


#Coontinuaaa 


Eu posto o próximo capitulo se esse tiver 15 comentários!!

25 comentários:

  1. to curiosa agora .-. continuaaaa please

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. PQ SÓ com 15 comentarios vc vai continuar postando? se nao tiver? ai a gente que gostou vai ficar morrendo de curiosidade é?? injusto ><

    ResponderExcluir
  4. continua aê galera XD me estar a morrer de curiosidade

    ResponderExcluir
  5. Oi sou de Portugal, e quero vos dizer que este blog brasileiro es muito bom, me agrada muito ;)

    ResponderExcluir
  6. Curiosidade mata '-' cês querem me matar por um acaso`?

    ResponderExcluir
  7. vc tem talento para escrever :D muito criativa

    ResponderExcluir
  8. odeio a Rachel :S serio quero matar ela ><

    ResponderExcluir
  9. sofrendo aqui esperando o proximo capitulo

    ResponderExcluir
  10. Continua vc ñ posta essa fic desde o ano passado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu avisei várias e várias vezes, essa fic é da Lorena e ela perdeu os últimos capítulo que estavam no pc dela, então eu estou lendo e fazendo o máximo que posso para postar a minha fic Little Things e acabar a Seconds to Love, então não tenho previsão de quando vou acabar.

      Excluir
  11. Continua, Seconds To Love eu amei Xx Emily

    ResponderExcluir
  12. Eu sei que faz um tempão que escreveram essa Fic .. mais será que vcs ñ poderiam continuar? Eu só fui ler ela agr, e realmente me interessei .. e estou mto curiosa para saber cmo essa História fica .. se pudessem continuar porq tá realmente mt lindo .. Obg bjss lindas

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar!!! Pois é seu comentário que nos motiva a continuar e tentar fazer melhor sempre , amamos vocês pelo imenso carinho com a gente mesmo sem conhecer cada uma <3

Sue , Gaby , Helo , Raih e Vivian .