sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Seconds To Love - Capitulo 20 - Isso mesmo , quebre o pé


Mel POV’s on
Um labrador com pelos muito lustrosos pulou em cima do Harry o fazendo cair. Dei uma risada, ele me encarou por alguns segundos e se interrompeu quando uma garota de cabelos ruivos e cacheados parou na frente do labrador repreendendo o animal. Continuei olhando de longe para ver no que ia dar. Eles dois trocaram algumas palavras e logo Harry veio na minha direção meio desapontado.
Harry: Levei um fora, tem certeza que este é o lugar certo?
Mel: Vai com calma garoto, você esperava encontrar uma menina logo de cara? Meninas descentes são difíceis hoje em dia.
Harry: Percebi, mas como ela me rejeitou? Eu sou lindo, legal e sedutor! Harry Styles nunca é rejeitado.
Mel: É sim! Você é não é perfeito é como todo mundo, ou seja, você leva foras sim.
Harry continuou tentando atrair alguma menina para um encontro, mas o dia foi em vão. Eu pelo menos dei boas risadas dos foras que ele levava. Antes de sairmos ele pediu para tomarmos café, já que eram umas quatro da tarde. Fomos a Starbucks e ficamos lá esperando nosso café chegar a mesa.
Harry: Acho que eu não nasci para namorar meninas serias! – disse bufando e eu ri – Do que você está rindo?
Mel: É que você tá tão acostumado á pegar meninas fáceis e que vão ficar com você por uma noite, que não consegue conquistar uma garota difícil. – O nosso café chegou, dei um gole e me voltei para Harry de forma calma – Dizem que quando a gente menos procura a pessoa aparece.
Harry: Você está falando pra que eu desista de procurar?
Mel: Não, só estou falando que dias de caçada acabaram. Talvez você devesse esperar vai que ela apareça quando você menos esperar.
Saímos da Starbucks e fomos para o prédio. Quando estramos demos de cara com Louis e Eleanor. Louis fitou Harry e sorriu travessamente.
Louis: Parece que eles erraram, não foi o nosso apartamento que pegou fogo e sim o do vizinho.
Mel: Você tá brincando com a minha cara? Sabe como é difícil dividir um apartamento com o Harry.
Harry: Como se você cuidasse muito bem do seu apartamento né?! – Nós nos entreolhamos e rimos deixando Louis confuso.
Louis: Esperai, vocês estão rindo juntos?
Mel: Sim, mas isso não significa que eu esteja apaixonada por ele.
Eleanor: Mas você não chamou ele pelo sobrenome...
Mel: Longa história, Harry conta.
Nós subimos para meu apartamento a fim de jantar. Eu fui para cozinha fazer alguma coisa, não me incomodo de cozinhar enquanto os outros ficam sentados conversando, é como se cozinhar me deixasse distraída e relaxada. Levei uma meia hora para fazer o macarrão e percebo Harry parado na porta da cozinha.
Mel: O que foi que você está olhando? – dei um sorriso sapeca
Harry: E...Eu? – Harry deu de ombros – Vim apenas buscar um copo de água ou você acha mesmo que eu ia ficar olhando para uma chata que nem você?
Ele saiu da cozinha e esbarrou com a quina da mesa caindo. Ri e depois fui socorre-lo. Harry tinha um corte grande e aparentemente profundo no joelho que me trouxe agonia só de olhar.
Mel: Você está bem? – Tento ajuda-lo a levantar
Harry: Bem se não fosse pelo belo e fundo corte na perna eu estaria ótimo. – Ele me olhou e logo voltou-se para o corte – A culpa é sua Mel.
Mel: Minha? – Aumentei o tom de voz – Você que é cego e não anda direito. O que eu tenho haver com a sua burrice?
Harry: É que... – Seja lá o que ele ia dizer rapidamente se interrompeu.
Mel: Consegue se levantar? – Ele até tentou mais caiu me levando junto. – E isso significa um não.
Louis: É bom nos irmos ao hospital, esse corte está bem grande e ainda por cima ele não consegue mexer o pé.
Mel: Deve ter quebrado ou fraturado alguma coisa e quanto ao corte, não deve ser nada muito ruim.
Deixamos o meu apartamento em direção ao hospital. Pode parecer exagerado ir ao hospital por um simples tombo, mas se você olhasse o corte ficaria preocupado. Deixamos o carro e com dificuldade levamos Harry pra o dentro do hospital. Fomos atendidos rapidamente e recebemos a infeliz noticia de que Harry tinha quebrado o pé. E ainda por cima alguém teria que ficar com ele esta noite no hospital, só para ter certeza que não terá nenhuma complicação. Adivinha pra quem sobrou? Sim, sobrou pra mim! O motivo é porque Louis e Eleanor tinham acabado de chegar de viagem e teriam muitas coisas para arrumar e não poderiam ficar esta noite. Fui a minha casa rapidamente para tomar um banho e buscar uma muda de roupa. Comi meu macarrão e voltei para o hospital.
Cheguei e Harry assistia TV. Dei-lhe uma muda de roupa que buscará em casa. Eu fiquei assistindo TV e logo ele já estava deitado quase fechando os olhos. Peguei o controle e fiquei trocando os canais até parar em um que estava passando “Enrolados”. Simplesmente amo este filme a ponto de ficar totalmente distraída do mundo á fora. Já no final olho para o lado só confirmando se Harry estava bem e ele dormia. Finalmente o filme acabou e eu resolvo tirar um cochilo, mas ouço uma voz rouca e lenta.
Harry: Será que um dia vou encontrar minha princesa?
Mel: Harry Styles, o pegador quer uma princesa? – falei meio sonolenta e sarcástica – Que papo é esse agora?
Harry: É que hoje quando você me levou ao parque e me fez levar todos aqueles foras eu fiquei pensando se algum dia eu vou encontrar uma garota que goste de mim não como Harry Styles o pegador, mas como Harry meu príncipe.
Mel: Eles te deram algum remédio estranho? – falei num tom de deboche – Harry você nunca se interessou por princesas e agora está ai preocupado se vai ter uma, mas se servir vou te dar um conselho. As princesas nunca aparecem de graça, você tem que enfrentar a torre mais alta, o dragão mais furioso para alcança-la, ou seja, você tem que provar seu valor á ela.
Harry: Filosofo agora. – Nós rimos, mas ele logo voltou o olhar aos dedos que brincavam com a coberta. – Não sei se eu tenho algum valor.
Mel: Qual é Harry? É claro que você tem, todos nós temos alguma coisa em especial.
Harry: E você sabe me dizer o que eu tenho de especial?
Mel: Enfim o importante que você tem saúde – Rimos – Harry você consegue ser uma pessoa romântica apesar de ser galinha, estou certa? – Ele assente – Então e você ainda tem dinheiro, hoje em dia isso é atraente para muitas mulheres.
Harry: Você acha isso atraente, digo dinheiro?
Mel: Não, a pessoa pode ser a mais rica do mundo, mas se não for uma pessoa legal está fora da minha lista.
Harry: E o que você acha atraente em um homem?
Mel: Além da beleza, acho que o romantismo e bom gosto. Tem que ser protetor, mas não sufocante e deve ter responsabilidade e coisas desse tipo. E o que te deixa caidinho por uma mulher?
Harry: Ah, ela tem que ser fofa e um pouco atrevida. Quero que ela seja cuidadosa, paciente e que me aguente ligar no meio da noite só para saber se ela está tendo um bom sono.
Antes que eu possa rir ou continuar conversando, meu celular toca. Atendo e simplesmente não consigo ouvir o que se fala do outro lado da linha.

Capitulo 21 - Minha amiga desiste de tudo
Apenas ouvia as palavras rápidas e desesperadoras de Stacy no outro lado da linha. Tentei entende-la, mas ela chorava desesperada e parecia a ponto de um colapso nervoso.
*No celular
Mel: Stacy fala direito, não consigo te entender.
Stacy: Melinda, eu não sei o que fazer.
Mel: Eu te ajudaria se você me contasse o que aconteceu.
Stacy: Melinda senta. – Do outro lado da linha Stacy fez uma pausa longa engolindo choro – Eu...peguei Zayn com outra. – Ela falou gaguejando.
Mel: Stacy me diga que isso é mentira. – Ela começou a chorar mais ainda dizendo que não – Como assim?
Stacy: Eu apenas entrei e vi ele aos beijinhos e abraços todo meloso com uma modelo. – A raiva foi tomando conta de mim, se á uma coisa que não admito de jeito nenhum é a traição. De todos os jeitos que um namoro pode acabar este é o que mais odeio. – Melinda, prometa que não vai fazer nada antes que eu fale com ele?
Mel: Falar com ele? E deixa-lo explicar algo tão nojento e frio. Não você não vai fazer isso consigo mesma. Você ainda está na casa da família dele?
Stacy: Sim, mas eu vou hoje a noite para Londres. Antes eu irei falar com ele.
Mel: Tudo bem, fique bem viu?! Não deixe que ele te manipule com mentiras e desculpas, certo?
Stacy: Certo. Eu vou ficar melhor falando com ele.
*Desliga celular
Levantei-me e fiquei de um lado para o outro, raciocinando porque ele teria feito com ela. Harry me observava, mas durante um longo tempo ele apenas se calou. Quanto ao meu sono, eu já havia o perdido assim que ouvi a voz desesperada de Stacy.
Harry: O que aconteceu?
Mel: Seu amiguinho Zayn, traiu Stacy. – Falei fitando-o severamente como se fosse ele o culpado. – Eu sabia que nós duas nunca deveríamos ter concordado em sair para almoçar com vocês, mas não! Resolvi escutar Stacy e pela única vez que a escuto nós nos fudemos. Ótimo isso.
Harry: Eu nem sei o que dizer... – Antes que ele pudesse falar eu o interrompi
Mel: Nada você não pode dizer nada! Eu sempre estive certa sobre você e seus amiguinhos. Sempre sendo arrogantes o suficiente para achar que podem trair a minha melhor amiga.
Harry: O que eu tenho haver com isso? Até onde eu sei não trai ninguém! – Sentei na ponta da cama e suspirei – Mel, eu sei que você se preocupa com Stacy, mas isso é um problema deles. Você não pode fazer nada.
Mel: Desculpe, mas é que eu não quero ver minha amiga quase irmã sofrer. Só fico pensando no porque disso? Stacy nunca ficou pegando no pé de Zayn.
Harry: Zayn nunca foi de fazer isso. É uma surpresa tanto pra mim quanto pra você. – Ele me puxou para a cama junto dele – Agora descanse, você passou a noite cuidando dos outro agora é sua vez.
Não hesitei. Encostei a cabeça no travesseiro e depois de alguns segundos eu já estava mergulhado num mar de sonhos. Dormi feito um anjo.
Abro os olhos incomodados com o brilho do sol. Aos poucos vou acordando preguiçosamente e então percebo que estou totalmente abraçada a Harry e ele a mim. Vou me soltando com um tanto de raiva, mas não faço nada além de arrumar asa minhas coisas para ir embora. Stacy chegaria hoje e provavelmente iria morar comigo. Acordei Harry e nós fomos para casa. Demorou um pouco pra chegar no apartamento dele devido ao pé quebrado. Pergunto se ele precisa de alguma coisa e depois vou embora. Quando cheguei em casa fui logo procurar minha cama deliciosamente confortável com meu cheiro. Deitei e fiquei pensando. Tudo está tão diferente, é claro que para melhor. Logo pego no sono.
Acordo com o meu celular mostrando uma mensagem. Era Stacy.
“Amiga, estou voltando para o Brasil. Sinto muito, porque eu sei que você vai me dizer que eu estou desistindo de todos os meus sonhos por causa de um idiota. Mas a verdade é que sem esse idiota eu não vivo e como vou ter que aprender a viver sem ele preciso ficar longe do que me lembra ele. Isso inclui Londres. Saiba que vou sempre estar com você. Obs: Estou embarcando agora para o Brasil. Meus avós me aguardam lá. Beijos! Te ligo quando chegar lá!”
Quando li aquilo senti muita raiva. Como ela poderia me deixar sozinha em Londres? Ela não podia ter feito isso comigo. E a culpa toda é de Zayn, mas ela poderia ter pensado mais nos sonhos dela. Olhei no relógio e vi que eram em torno de meio dia. Resolvi ir para o apartamento de Harry e Louis. Cheguei e bati na porta desesperadamente. Harry abriu com dificuldade eu apenas o abracei.
Harry: Hey Mel, o que aconteceu?
Mel: Stacy foi embora para o Brasil, ela me deixou aqui sozinha. Eu sei que essa foi a decisão dela, mas e agora como eu fico?
Harry: Você não está sozinha, tem a mim e aos meninos. Apesar da sua chatice você é muito querida.
Mel: Ah sim é claro! E é com quem que eu vou conversar assuntos de mulher?
Harry: Eu sou um bom ouvinte.
Mel: Engraçadinho, mas ela era tipo minha salvação aqui. Tudo que eu precisava ela estava perto pra me ajudar e agora? Em quem eu vou confiar?
Harry: Em mim! – Revirei os olhos – Mel me de uma chance, você está sem muitas opções confesse!
Mel: Eu vou ter que confiar né?! Porque ao contrário dela, não vou desistir dos meus sonhos.
Harry: É hora de relaxar um pouco. Vem almoçar comigo?
Mel: To sem comida em casa mesmo.
Harry: Então vai se arrumar logo, nós vamos comer tacos.
Apenas assenti e fui para meu apartamento. Em questão de minutos eu já estava pronta então ouço a campainha. Corri e atendi. Harry estava do outro lado com um sorriso animado.
Harry: Bela roupa.
Mel: Nem pense em gracinhas, Styles.
Harry: Como se eu quisesse gracinhas com você.
Nós fomos ao shopping para comer os tão amados tacos de Harry. Chegando lá estava tudo tão vazio, o que para mim era um alivio. Não aguento filas enquanto estou com fome. Assim que começamos a comer avistei algumas fãs vindo na nossa direção. Elas pediram uma foto e perguntaram quem eu era. Calmamente Harry respondeu que era apenas uma amiga. Sorri para elas e fui retribuída e então nós fomos embora.
Resolvi passar em uma livraria, sim eu amo livros principalmente os de ação e aventura. Cada vez que eu ia passando pelas inúmeras prateleiras minha mente se distanciava para o mundo de princesas e reinos amaldiçoados. Harry vinha para perto de mim constantemente até que ele me cutucou sussurrando: “O que você acha daquela menina ali? Será que devo falar com ela?” Ele apontava para uma garota cujo os cabelos eram pretos, curtos e encaracolados. Ela lia acompanhada de um café. No cochicho então respondi: “Tentar não ofende, mas chegue calmamente não dê uma de arrogante.” Harry assentiu e foi até a menina. Enquanto isso me concentrei em um livro sobre magia e uma princesa perdida. Cada vez mais era como se eu fizesse parte de todo aquele drama e ação.
Sinto um cutucão me tirar do meio da guerra entre dois incríveis mundos. Era Harry com um enorme sorriso no rosto. Me levantei com certa dificuldade.
Mel: E então o garanhão Harry, conseguiu um encontro?
Harry: É claro que sim! – Eu sabia que ele estava mentindo, ele nem sequer tinha ido falar com ela.
Mel: Você pelo menos falar com ela?
Harry: Não – ele fez uma cara de dar dó –Vai que eu leve mais um fora.
Depois de ficar alguns minutos ali parada o fitando decidi fazer uma coisa.


11 comentários:

  1. Continua por favor... Quero saber o fim...

    ResponderExcluir
  2. Continua pf pf seus imagines são d+ mas vc n posta faz Mt tempo continua suas leitoras querem saber mais da história pf n demora para postar bjs by Gabriela

    ResponderExcluir
  3. Isso continua pf pf pf eu te emploro pf continuaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  4. Continuaa, rápidoo, to louca pra saber o q vai acontecerr!!! Vc escreve muito bem, estou viciada!!!
    Bjs
    Girl_of_the_Harry

    ResponderExcluir
  5. Continua pf pf by Alice

    ResponderExcluir
  6. continua kero saber komo fikou a historia entre o harry e a melinda, o zayn e tal modelo e stacy etc.....

    ResponderExcluir
  7. conzinuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa *-------------*

    ResponderExcluir
  8. Olá, meninas, eu estou aqui para dar um aviso para vocês. Eu sou amiga da Lorena (dona do Blog) e ela me pediu para avisar que ela vai ficar um tempinho sem postar a Fic, por alguns motivos pessoais. Obrigada pela atenção. Malikisses and Horanhugs (haha, são os meus favoritos).

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar!!! Pois é seu comentário que nos motiva a continuar e tentar fazer melhor sempre , amamos vocês pelo imenso carinho com a gente mesmo sem conhecer cada uma <3

Sue , Gaby , Helo , Raih e Vivian .