segunda-feira, 3 de março de 2014

LongFic - O casamento do meu melhor amigo - Cap. 7

 
 

 
 

Depois que Louis deixou aquela frase no ar , as esperanças de SeuNome cresciam a cada instante, mesmo as vezes se sentindo a pior pessoa do mundo por querer tanto que não aconteça esse casamento. Era estranho para ela ter que lidar com essa situação , SeuNome o amava ,sempre o amou e foi um erro ter terminado com ele naquela semana ...
Londres , uma noite chuvossa e triste ...
"Não acretido que você foi capaz Liam!" SeuNome dizia pela terceira vez. O tempo la fora era de dar medo , chovia muito , mais do que o normal , o céu estava preto e sem estrela alguma , uma noite sombria , um clima pesado , o vento batia na janela , fazendo um assobiu leve passar pela parte minuscula aberta , os raios clareavam o parão da casa de Liam. "SeuNome , eu sinto muito." Dizia ela. "Mas Liam , ela , justo ela , como você pode ?"
"SeuNome , me escuta! Eu não tive a inteção , so que ela não me ouvia e fazia ao contrario do que eu falava."
A menina ja não aguentava mais segurar as lagrimas , mas seu orgulho era maior e mais forte. Segurou ate o ultimo suspiro vindo dele. Um raio pareceu atingir a terra , a nunvem pareceu bater na outra , e de tão pesada que estava , formou um ernome barulho , que se duvidar do outro lado do Continente se ouviria.
Era sua deixa, era hora de partir. E assim como as nunvens chorava , o céu se revoltava com a perda de duas almas apaixonadas.
"Acabou Liam."
o era a primeira , nem a segunda vez que eles brigavam. SeuNome estava acostumada com essas briguinhas , Liam tambem. No dia seguinte , Liam apareceu na janela da menina , com um buquê de flores cantanto sua musica favorita.
A menina riu ao lembrar. E sentiu um aperto ainda maior ao notar que estava perdendo ele , e que poderia ser para sempre.
- SeuNome ! Você tem visita !
- Ja vou vovó.
SeuNome estranhou, pensou que fosse Liam , mais , se fosse Liam , sua avó nem a chamaria e ele ja subiria sem ao menos avisar. O mesmo seria com Emilly , que por sinal não dava noticias desde de ontem , imaginou que seu amor voltou de viagem e eles devem estar juntos ou algo do tipo. Respirou fundo ainda com um pouco de mau humor por ter acordado cedo demais para ir no mercado com a avó.
- Ah. Oi. Harry. - SeuNome não pode deixar de notar como ele estava bonito. A menina sentiu algo diferente. Decidiu ali que Harry era dona de um sorriso perfeito.
- Oi SeuNome - diz ele um pouco sem jeito. - Ahh ... - ouve uma pausa , ate a avó da menina perceber que estava sobrando na sala e saiu dizendo que iria fazer um chá. - Liam me pediu para vir te buscar.
- Me buscar ?
- Ele não te falou ? - SeuNome negou deixando Harry com vergonha de aparecer em sua casa sem ao menos avisar pensando que ela sabia. - é que ele falou que você ajudaria no terno ... E me pediu pra te buscar , pensei que ele tinha te avisado , desculpa aparecer sem avisar.
- Ah não , não tem problema Harry , não precisa se desculpar , Liam me pediu ajuda sim , so esqueceu de marcar o dia.
- Deve ser por causa do casamento. - Harry deu de ombros fazendo o pobre coração de SeuNome chorar baixo.
- Vou pegar minha bolsa e a gente vai , ta?
Subiu as escadas correndo como de custume. Pensou em ligar para Liam para peguntar se era verdade , uma vez que lembrou que Niall dissera para ela que al delrs formarem um belo casal , Harry supostamente teria gostado dela. Expulsou esse pensamentos e decidiu trocar de roupa. 
O carro de Harry era de dar inveja a qualquer garoto comun de sua ideda. Riu ironicamente para si ao pensar que Harry não era um garoto comun. Mas a verdade era que ele era um garoto comun, so com alguns beneficios, assim como Liam.
Eles estavam sentados na praça que tinha enfrente a grande loja onde supostamente eles marcaram de se encontrar. Uma hora o outra Harry para a conversa - que por sinal para ambos estava otima - para tirar foto e dar autografos as meninas e meninos que caminhavam ali perto. Harry notou a presença de alguns paparazzis. Antes ligaria , mais como ele estava com ela , não deu importancia.
Se conheceram ontem apenas, o que deixa Harry ainda mais curioso em saber mais sobre a melhor amiga de Liam.
Ja se passavam dos vinte minutos e nada. Nada de Liam. Nada dos outros amigos de Liam. Nada de ninguem. SeuNome estava preste a se inrritar com o Harry , por ter mentido para ela. Quando seu celular toca. Uma mensagem. A mensagem que SeuNome jamais iria esquecer , a mensagem que fez SeuNome querer se jogar na frente do primeiro carro.
"SeuApelido não vou conseguir chegar a tempo. Ajuda o Harry com o terno, os meninos ja escolheram os dele hoje de manhã.
Ps : Um passarinho me contou que alguem esta arrancando suspiros de um certo ser de caichos.
De nada ;) , Liam xoxo."
Então era isso. Liam queria mesmo que assim como ele seguisse em frente. Ele não a amava mais. Louis estava errado. O casamento parecia mais real de que qualquer outra coisa , mais real ate que amizade dela com o Liam. Aquele traidor ! Pensou.
Não podia simplesmente dar a meia volta e voltar para a casa. Mesmo se quisesse, por alguma razão não tinha corragem de fazer isso. Deixar Harry sozinho. Ele não tem culpa , pensou.
- Bem o Liam não vem ... - começou a falar ,  sentindo suas bochechas corrarem como de costume - ... E os meninos ja escolheram o terno ... -  sorriu - ... So falta você , ja que estamos aqui , vamos ?
Os dois entraram juntos na grande loja, onde provavelmente todos teriam alugado os ternos. Os braços de SeuNome estavam em volta dos deles , enganchados juntos.
Harry causava algo novo e bom na menina. Em nenhum momento pensou em Liam , ou no motivo que a trouxe para Londres de novo. SeuNome contia um certo brilho em seu olhar , e Harry um sorriso bobo no rosto.
- Perfeito ! - Disse SeuNome se levantando da poltrona onde estava sentada. Harry tinha esperimentado varios modelos. Nao imaginava que havia tantas opiçiões assim. - Deixa que eu  arrumo.
Então SeuNome estava proxima demais de Harry. Tão proxima ao ponto de sentir sua respiração.
As pequenas mãos da menina foram ate o pescoço do garoto , que olhava com atenção cada movimento que ela fazia. Com cuidado SeuNome ajeitou a gravata borboleta. Olhando diretamente em seus olhos, SeuNome sentiu seu estomago formirgar. Poderia ficar o dia todo olhando naqueles olhos. Naquele sorriso.
Harry olhava fixamente para a menina, deixando suas covinhas aparecendo. Suas mãos foram para a cintura da garota, a puxando devagar para mais perto, acabando com o pequeno espeço entre eles. SeuNome fechou os olhos. Harry fechou os olhos. Dando inicio aquilo que ele desejou desde o primeiro momento que ela e viu. Poderia ser loucura , loucura começar a gostar de uma pessoa que acabou de conhecer, loucura para ele , não para ela.
- Com licença...
Os dois pularam. SeuNome ficou vermelha , mais vermelha do que antes. A vendedoura da loja olhou para os dois e depois para SeuNome ms uma vez. Tamben ficou vermelha. Harry voltou para o provador emburrado. Ainda não acreditando que estava tao perto de beijar-la.
- Esta entregue. - disse ele fitando a rua da casa da avó de SeuNome.
Nenhuma palavra foi dita o caminho todo.
- Obrigado SeuNome.
- Magina.
SeuNome ja estava saindo do carro, quando sentiu uma mão sobre seu pulso. Virou de vagar encontradando os olhos dele. Ele sorriu. Ela sorriu. E os dois fecharam os olhos. Dando inicio a finalemente o beijo.
 
Comentem , isso é importante pra mim ><


8 comentários:

Não esqueça de comentar!!! Pois é seu comentário que nos motiva a continuar e tentar fazer melhor sempre , amamos vocês pelo imenso carinho com a gente mesmo sem conhecer cada uma <3

Sue , Gaby , Helo , Raih e Vivian .