segunda-feira, 24 de março de 2014

LongFic - O casamento do meu melhor Amigo - Cap. 12 (Final)




- Por que Liam Payne?
Perguntou se lembrando da pequena briga de ontem.

- Eu não sei ta legal? - disse brava e se afastando -Você seguiu em frente!  eu tenho todo o direito de seguir também!
- Enquanto a nos? E tudo que nos passamos?  Não significou nada pra você?
- Acho quem tem que perguntar isso sou eu, você não acha?
O silencio ficou entre os dois. Nenhuma palavra a mais foi dita. Talvez por medo, ou por não ter certeza das forças que tais palavras poderiam ser usadas.
SeuNome saiu do quarto deixando Liam, igual como todas as vezes que ele fazia quando eles brigavam. Desceu as escadas com lagrimas nos olhos e com seu coração aos pedaços - mais a vez.
Segurou firme durante o final daquele noite. Mesmo Harry e Emilly insistindo para ela falar.
Ao final da noite Niall levou amiga para casa. Cada um foi para a sua. Menos SeuNome.
- Não vai me contar o que aconteceu?
Os dois estavam no sofá na sala. Tinham acabado de limpar toda a sujeira que eles fizeram.
Seu coração estava tão apertado, sentia que desabaria a qualquer momento.

- Uma briga boba com o Liam - forçou um sorriso.
- Você e Liam brigaram? - perguntou surpreso.
- Ciumes bobo.
- Ciumes? De mim?
- Acho que sim.

Mas ela não achava, ela tinha certeza.
Os dias foram passando. E o casamento cada vez mais próximo.
Parou e se perguntou se estava fazendo a coisa certa. Liam como foi dito, seguiu em frente, Emilly seguiu em frente apos o terminio com Nathan. So ela que ficou para trás.Com esse sentimento, alimentando por ela mesma. Se iludindo a cada dia.
Parou e pensou em como tinha mudado em relação a isso. Recuperou a SeuNome que esteve perdida esse tempo todo.
Tirou as ideias malucas da cabeça de sabotar o casamento, de impedir o casamento.
Agora deseja mais do que tudo isso passasse, para ter certeza que esses dias que passou com Harry valeram a pena.
Começou então a lembrar da segunda noite com Harry. No momento depois perguntou a si mesma se Harry não queria apenas sexo com ela.  Mais não, Harry estava fazendo de tudo para a menina, de tudo para ter -la somente para ele.

[…]

O relógio despertou as sete em ponto. Era sábado. Uma manhã fria e confusa.Era hoje.
O dia pelo qual nunca esperou que chegasse. O dia que imaginou no lugar da noiva.
Respirou fundo e se levantou tentando não acordar sua amiga que dormiu com ela.
Seus pensamento iam e vinham. Era estranho a maneira como pensava agora. Nada que tinha em sua cabeça antes,  estava ali.
Por um lado, esse casamento serviu para unir dois corações.
Tentava da melhor forma possível pensar em coisas boas.
Nessas últimas duas semanas, serviram para mostrar que nem tudo estava perdido como ela pensava.
Durante todo esse tempo não se deu ao luxo de entregar seu coração a ninguém. Em sua cabeça o único que realmente merecia aquele órgão na visão dos médicos, e a caixa de segredos segundos as pessoas apaixonadas e sentimentais, pertencia a ele.
A água quente de sua banheira, lavou não só seu corpo e sim sua alma. Uma paz fora do normal preencheu a garota. Se sentiu tão bem e feliz. Com uma vontade louca de gritar para o mundo que estava amando, que não sentia mais medo em relação a isso.
É claro, o mundo inteiro sabia disso, sabia que estava junto com o Harry. Não foi algo fácil, envolveu muita paciência vinda das duas partes. Seria e será difícil para os fãs deles aceitarem esse novo relacionamento. SeuNome estava insegura sobre isso, mas Harry a convenceu. Confortou a menina dizendo que suas fãs iriam adorar-lá e amar-lá assim como ele, que no começo vai sair bem difícil, mais que os dois vão enfrentar qualquer coisa juntos.
A maneira como ele a tratava. Como se comportava quando ela estava com ele, no jeito tão estranho e fofo. O jeito que ele sorria em todas as fotos tiradas com ela - que por sinal eram muitas. Algumas eles postavam, outras apenas guardavam.
Tudo nele a chamava atenção. Tudo nele atraía. Como dois ímãs.
Os dois aprenderam juntos o significado de estar junto com alguém. Harry não  imaginava ser assim um dia. Nem mesmo ela imaginou que voltaria a sentir as mesmas coisa mais de maneira completamente diferente.
Saiu de seu banho e voltou para o quarto. Viu sua amiga dormindo tranquilamente e não teve coragem de acordar-la. Trocou de roupa e desceu.
Cada canto daquela casa fazia uma lembrança aparecer. Lembranças que durante todo esse tempo evitou relembrar-la.
- Bom dia meu anjo - disse a avó.
- Bom dia vovó.
Durante um tempo ficaram em silencio. Apenas ouvindo o tic tac do relogio e de suas respirações.
- Como você esta? - a senhora quebra o silencio.
- Sei la vovó - deu de ombros - Não sei o que dizer.
- Bom dia gente bonita!
As três riram e conversaram naquela mesa. Assuntos aleatórios e um pouco de bobagem também.
Pro almoço, sua vó fez a comida favorita das meninas:  batata frita.
Depois que ajudaram na louça, quando já se passava das três da tarde, Harry ligou para SeuNome.
- Gemma disse que vai passar ai para pegar vocês duas - ele dizia.
- Tudo bem - sorriu. Gemma e SeuNome se deram super bem, pareciam amigas a anos.
- Não tem nenhuma chance mesmo de te ver antes ?- falou manhoso.
- Noop.
- Isso maldade!
SeuNome riu ouvindo um pequeno discurso que Harry improvisou para fazer-la  mudar de ideia. Nada adiantou. Enrolaram mais um pouco ate Emilly chamar-la dizendo que Gemma estava chegando.
Subiram as escadas correndo,pegando suas coisas e partiram para o salão.
SeuNome se recusou em se arrumar no mesmo salão de que Sophia. As duas não se falaram mais desde o dia que ambas foram buscar seus vestidos. A menina ja não guardava mais rancor. Ja não se sentia da mesma maneira como chegou aqui.
Culpava Londres por tudo que aconteceu, e quando sua família voltou para passar as ferias, preferiu ficar no Brasil. Naquela época não estava preparada para voltar. Na verdade nunca teve, mais teve que deixar tudo para trás, teve que passar uma borracha,  teve que voltar , fingindo que nada tinha acontecido.
O dia de noiva, afinal não foi apenas para a noiva. 
Harry e Niall bancaram um "dia de madrinha", foram eles mesmo que batizaram esse dia.
Apesar do casamento, apesar desse dia, SeuNome estava feliz, estava sorrindo e se divertindo com sua melhor amiga e a sua mais nova melhor amiga.

[…]

Tudo estava pronto. Elas estavam prontas. Emilly estava linda, seu cabelo, sua maquiagem, estava perfeita. Gemma também, seu vestido,  seu cabelo,  sua maquiagem, tudo também estava perfeita. SeuNome olhou seu reflexo no espelho. Seu vestido, seu cabelo, sua maquiagem, nem mesmo ela se reconheceu.
- SeuNome tem alguém querendo falar com você.. - Emilly diz aparecendo no quarto.
- Se for o Harry, pode falar para ele dar meia volta e...
- Não é o Harry, sou eu.
Um arrepio percorreu o corpo da menina. Sentiu se estomago revirar, sentiu seu coração saltar pela boca. Suas mãos suava, seus olhos se encheram de lagrima.
Ele estava lindo. Seu cabelo perfeitamente arrumado. Sua postura. Seus olhos brilhavam.
Ambos se sentiam confusos.
- Esta linda - ele sorriu.
- Obrigado - sorriu vendo ele se aproximar. - Esta muito lindo também.
- Me concede a primeira e ultima dança?
Ela riu mais aceitou.
Seus braços estavam envolta da cintura da menina. Que tinha os olhos fixos nos deles. As mãos delicadas dela se encontravam no ombro do menino.
Dançaram como da ultima vez. SeuNome sentiu algumas lagrimas caírem sobre seu rosto. Rezou para não borrar sua maquiagem.Ela encostou sua cabeça em seu ombro, que encaixou perfeitamente ali.Seus corpos juntos. Os dois como antes, como quando eles ainda estavam juntos. Em uma voz baixa sussurrou a letra da musica, que particularmente, ele achava que era dos dois. Encontrou como todas as vezes, na musica, uma maneira de dizer, de mostrar o que estava sentindo.

(Coloquem , se quiser)
Same bed, but it feels just a little bit bigger now 
(a mesma cama, mas parece um pouco maior agora)
Our song on the radio, but it don't sound the same 
(nossa música toca no radio, mas não é mais a mesma)
When our friends talk about you all that it does is just tear me down 
(Quando nossos amigos falam sobre você, tudo oque isso faz é me arruinar)
‘Cause my heart breaks a little when I hear your name 
(por que o meu coração se parte um pouco quando eu ouço o seu nome)
It all just sounds like oh, oh, ohh 
(e tudo soa como, uh, uh, uhh)

Mmm, too young, too dumb to realize 
(Tão jovem, tão tolo para perceber)
That I should’ve bought you flowers and held your hand 
(Que eu deveria ter lhe comprado flores e segurado sua mão)
Should’ve gave you all my hours when I had the chance 
(Deveria ter te dado as minhas horas quando tive a chance)
Take you to every party ‘cause all you wanted to do was dance 
(Ter levado você a todas as festas, porque tudo o que queria era dançar)
Now my baby’s dancing, but she's dancing with another man 
(Agora minha garota está dançando, mas está dançando com outro homem)

My pride, my ego, my needs and my selfish ways 
(Meu orgulho, meu ego, minhas necessidades e meu jeito egoísta)
Caused a good strong woman like you to walk out my life 
(Fizeram uma mulher boa e forte como você, sair da minha vida)
Now I never, never get to clean up the mess I made, oh 
(Agora nunca, nunca conseguirei limpar a bagunça em que me meti)
And it haunts me every time I close my eyes 
(E me assombra sempre que fecho meus olhos)
It all just sounds like oh, oh, ohh 
(e tudo soa como, uh, uh, uhh)

Mmm, too young, too dumb to realize 
(Tão jovem, tão tolo para perceber)
That I should’ve bought you flowers and held your hand 
(Que eu deveria ter lhe comprado flores e segurado sua mão)
Should’ve gave you all my hours when I had the chance 
(Deveria ter te dado as minhas horas quando tive a chance)
Take you to every party ‘cause all you wanted to do was dance 
(Ter levado você a todas as festas, porque tudo o que queria era dançar)
Now my baby’s dancing, but she's dancing with another man 
(Agora minha garota está dançando, mas está dançando com outro homem)

Although it hurts, I'll be the first to say that I was wrong 
(Apesar de doer, serei o primeiro a dizer que eu estava errado)
Oh, I know I'm probably much too late 
(Oh, sei que provavelmente estou muito atrasado)
To try and apologize for my mistakes 
(Para tentar me desculpar pelos meus erros)
But I just want you to know 
(Mas eu só quero que você saiba)
I hope he buys you flowers, I hope he holds your hand 
(Espero que ele lhe compre flores, que ele segure sua mão)
Give you all his hours when he has the chance 
(Que lhe dê todas as suas horas quando tiver a chance)
Take you to every party ‘cause I remember how much you loved to dance 
(Que leve você a todas as festas porque eu me lembro de quanto você amava dançar)
Do all the things I should’ve done when I was your man 
(Que faça todas as coisas que eu deveria ter feito, quando eu era o seu homem)
Do all the things I should’ve done when I was your man
(Que faça todas as coisas que eu deveria ter feito quando eu era o seu homem)

(Notas/A: se a música não tiver acabado, pode tirar, se quiser continuar tudo bem)

- Nunca vou me perdoar por ter ti perdido, nunca vou esquecer o quão burro eu fui, eu tinha o seu coração, eu tinha você !
Eles se afastaram e se olhavam. Os olhos deles estavam vermelhos por causa do choro, a maquiagem dela estava um pouco apagada. SeuNome sentiu uma dor inescapável. Como se seu coração tivesse sido arrancado, ele sentiu o mesmo, apenas com um pouco a mais de forçar.
Agora era tarde demais. Tarde para querer voltar a trás. Tarde demais para se arrepender. Tarde demais para querer recuperar algo que ja estava perdido.
- Te vejo no altar.
- Vou estar la, do seu lado.

[…]

A limusine chegou as sete da noite,o horário marcado. SeuNome, Emilly e Gemma já estavam de saída,rumo a igreja.
- Tchau senhora Puckett - as meninas disseram juntas.
- A senhora não vem ?
- Oh,  não! Estou velha demais para isso, não irei aguentar até o final - elas riram - Deseje felicidades ao casal por mim.
- Pode deixar - ela se abraçaram.
- Ah, sua mãe ligou! - ela parou no caminho. - Ela não pode vir mais me pediu para te dizer algo.
- E o que é ? - virou.
se você tivesse uma chance. Uma chance de mudar aquilo que nunca deveria ter mudado, o que você faria?
Parecia que todos hoje pegaram o dia para atrapalhar sua mente e bagunçar suas ideias e certezas.Sim, ela estava com medo. Medo de saber que perderia Liam hoje, medo de não ter coragem de não fazer nada, medo de não saber se tinha feira a escolha certa. Está com insegura e aflita. Como se tudo que ela pensou que estava certo, de repente pareceu não ser.
Seu coração gritava por ajuda. Sua mente brincava com esse sentimento que aos poucos voltava, ou ia?
Ela não sabia. Não sabia de mais nada.
A igreja por fora estava lotada. Com câmeras e pessoas para todos os lados. Todos os carros que paravam ali na frente, provocava um alvoroço na multidão, e o carro em que elas chegaram não foi diferente.Uma grade foi colocada para separar os convidados. Vários seguranças tinham sido contratados para esse evento.
Em meio de flashes e mais flashes, Harry avistou sua amada de longe. Sorrindo e acenando para todos. Cutucou Niall , chamando-o para irem até elas.
- SeuNome - ele sorriu.
- Harry - ela sorriu.
Niall grudou em Emilly em um recado entendido por todos, que além de estarem "juntos" , ele não sairia de perto dela.Gemma se despediu deles indo para dentro da igreja procurar a mãe.
- Está nervosa ?
- Um pouco.
Uma moça bem vestida reuniu todos os padrinhos e madrinhas , mais fotos foram tiradas antes de todos serem arrumados. Em fila.Uma música suave começou a tocar. Aos poucos os casais entravam na igreja.
Quando chegou a vez de SeuNome , ela simplesmente travou.
Viu de longe, em cima do altar, aquele homem. Que olhava atentamente para ela, que sorria e que contia um certo brilho em seu olhar.
Apertou um pouco o braço de Harry, pedindo pelo amor de Deus para não deixar-lá cair.
Todos ali sorriam. Todos ali esperavam o momento mais esperado : a chegada da noiva.
Foi quando sua atenção foi tomada pelos músicos.
A marcha tradicional começou a tocar, fazendo todos se levantarem e olharem ansiosos para porta que aos pouco se abria.Primeiro entrou um menina. Com mais ou menos quatro anos de idade. Ela corria e ao mesmo tempo jogava pétalas brancas sobre o tapete vermelho.
Então ela entrou.
- Estamos todos aqui presentes, para celebrar o amor, de Liam e Sophia...
O velho padre falava coisas que sempre sonhou ouvir.
Eram muitas palavras, muitas frases, eram.muitas coisas que ela sentia.
- SeuNome ? - Harry sussurrou para que só ela ouvisse.
- Sim ? - respondeu no mesmo tom que ele.
- Você está linda - ela sorriu.
- Obrigado.
No altar, Liam sentia seu coração cada vez mais acelerado. Impaciente , desejando que o celebrante ficasse quieto.
- E agora eu vós digo , Sophia Smthi (é assim que se escreve?) aceita Liam Payne como seu legítimo esposo, para amar-lo e respeitar-lo , na alegria e na doença , na saúde e na tristeza, até o fim de suas vidas ?
Do lado esquerdo. Harry já não aguentava mais guardar para si, aquilo que ensaio dizer durante toda a manhã.
- SeuNome ? - ela apenas virou - Preciso te dizer uma coisa...
- Precisa ser agora ?
- Aceito - Sophia diz.
- E você , Liam Payne , aceita Sophia Smthi como sua legítima esposa , para amar-la e respeitar-lá , na alegria e na tristeza , na saúde e na doença , até o fim de suas vidas ?
A igreja se encontrava em um total e absoluto silêncio.
Todos ali presentes , esperavam uma resposta.
Liam olhou para Sophia que sorria aguardando uma resposta.
- Na verdade não - Harry finalmente responde.
- Shiu vocês dois - Niall diz.
- Essa é a minha parte favorita - comentou Emilly para o mesmo.
- A do sim ? - ela concordou - Sabe ... - ele começou - também estou esperando um sim.
- Sério ? - perguntou confusa. - De quem ?
- De você - respondeu.
Na frente dos dois. Harry soube que não aguentaria até o final da festa.
SeuNome olhava para toda aquela gente, que assim como ela esperava também uma resposta.
- Preciso dizer antes que eu perca a coragem - tomou o fôlego.
Ela o olhou confusa para o menino não tirando os olhos para o altar.
- SeuNome , quer namorar comigo ? - pergunta Harry. Na mesma hora da resposta de Liam :
- Não.

         The End !
Notas : Bem o que dizer ?
Só quero agradecer a todos que acompanharam essa historia , agradecer pela paciência , por explorarem minha imaginação comigo e por cada comentário que recebi. Foram fundamentais para mim ! 
O final ta bem 'BAM!" , eu quis isso mesmo. Agora é com vocês, imaginem o final dessa historia, seja você a escritora dessa final ! Até a próxima LongFic , que sera com o Zayn , e até as minhas duas fics novas ><

20 comentários:

  1. Omg , cont menina to adorando , esta perfeito

    ResponderExcluir
  2. Olá, me chamo Talia e sou uma leitora nova aqui do seu blog.
    Queria dizer que amei suas fics, são ótima de verdade, não é bajulação, mas realmente elas tem um enredo e assunto diferentes, alguns erros ortográficos, mas isso é apenas detalhe.
    Já li muitas fics, ate estrangeiras e posso lhe dizer que esta CDMMA é realmente uma das melhores, por isso lhe peço sinceramente que faça uma segunda temporada para ela, essa "primeira temporada" esta ótima e com gostinho de quero mais, esse suspense, essa dúvida e ate surpresa foram muito criativos da sua parte.
    Não costumo comentar as fics que leio só quando realmente me interessa, e essa foi uma delas, então lhe peço que não me desaponte e nem aos seus leitores e por favor prossiga essa fic com uma segunda temporada.
    Obrigada, espero que me responda e principalmente que dê continuidade a esse belo trabalho que está fazendo.
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola , Talia *-*
      É com grande prazer e honra que estou respondendo esse comentário.
      Estou super mega feliz ! quando abri o blog pelo celular agora vi seu comentário , não sei explicar o que sentir...
      É muito bom quando alguém reconhece algo, e no meu caso , algo que gosto de fazer que é escrever...
      Te prometo , que irei fazer a segunda temporada, já estava com umas ideias na cabeça mais nada era certo. Mais você Talia , você me incentivou a continuar ! A colocar minha imaginação para funcionar sem medo !
      Obrigado por reconhecer algo tão importante para mim S2
      Nos veremos em breve , na segunda temporada de O casamento do meu melhor Amigo ;)

      Excluir
    2. Pode ter certeza, continuarei acompanhando suas fics, fico feliz com suas palavras e Obrigada :) Ate breve.
      Talia.

      Excluir
  3. Já acabou ? :/ , queria que continua-se mais ficou perfeito :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg meu acho S2
      Vai sair a segunda temporada haha ;)

      Excluir
  4. Aiin perfeito.. se vc tava com a intençao de eu ter um ataque cardiaco no final vc consegui kkkk.. e por favor tenta fazer a segunda temporada pq tipo fico muito perfeito..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huehuehue vei que liindo :')
      obg meu anjo, e a segunda temporada vai sair sim! Ja estou escrevendo ela haha

      Excluir
  5. Concordo com essa Talia, cara vc escreve mt bem.
    :) boydirectioner leitor Novo.
    Lucca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaanw *-* Marry me? huehe
      Bem-vindo \o/ e obg amr

      Excluir
    2. Claro!só marcar hahaha. Brinks.
      Lucca

      Excluir
  6. Faz a 2° temporada? Mds ta perfeito..❤

    ResponderExcluir
  7. como assim ?? vc parou justo nessa hora continua issu logo poxa !!! faz segunda ,terceira ,quarta se precisar até quinta tempora pfv continuaaa
    XX dija

    ResponderExcluir
  8. AAAAAH guria, e agr? Oq ela fez? Vou morrer aqui

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar!!! Pois é seu comentário que nos motiva a continuar e tentar fazer melhor sempre , amamos vocês pelo imenso carinho com a gente mesmo sem conhecer cada uma <3

Sue , Gaby , Helo , Raih e Vivian .