sábado, 6 de setembro de 2014

O coração de um Soldado - Four.


Obrigado pelos comentários, eu leio todos e fico mega feliz.
Amo vocês 



Seu sorriso era sapeca, seu tom brincalhão me fez subir até as nuvens e suas covinhas me fizeram esquecer o que tinha acontecido.
Arquei uma sobrancelha perguntando se era isso mesmo que ele estava fazendo. Ele disse que sim, e fomos o resto da viagem conversando. E até mesmo brincando as vezes. O carro foi preenchido por risadas que estavam ficando cada vez mais altas. Pela primeira vez naquela noite me senti bem, por completa - ou quase.
Alguns minutos depois o carro para. Olhei pela janela. A casa era linda, perfeita. Do jeito que imaginei.
- Gostou?
- É linda.
Harry me ajudou a descer do carro sem tropeçar no vestido. Duas moças com uniformes de empregada nós esperavam no hard da entrada. Um senhor que aparentava ter uns setenta anos se apresentou como nosso motorista. A mulher alta e bem vivida se apresentou como Elza - deduzi ser quem Marco tinha me falado. E a morena se apresentou como Peng.
Quando estávamos entrando na casa Harry para e me olha.
- Posso fazer uma coisa? - ele perguntou - Só para não quebrar a tradição...
Sem tempo de falar ou pensar. Harry passa seu braço em minhas costas e a outra vai até minhas pernas, me pegando no colo.
As palavras praticamente sumiram naquela hora. Não que eu não tivesse gostado, não é isso, eu apenas me, assustei?
Com vergonha suficiente para não olhá-lo, optei por observar a casa.
A sala era enorme, com uma lareira de tijolos. No canto da sala tinha um piano preto, me peguei perguntando se talvez fosse pedido de Harry, ou se ele soubesse tocar.
Com cuidado senti meus pés tocarem os chãos.
- Vem, vamos conhecer nossa casa.
Subimos as escadas de mão dada. A cada segundo parava para olhar elas ali. Juntas. Encontramos um corredor grande. Com cinco portas.
Harry parecia uma criança explorando o lugar.
A primeira porta a esquerdar era um quarto, com uma cama de casal, uma esquivaninha e uma cômoda. A porta ao lado era um banheiro bem simples e pequeno. A porta do outro lado também era um quarto, só que maior com uma suíte, um guarda-roupa enorme. Congelei com a ideia de ser o nosso quarto. O cômodo do lado estava completamente vazio. No final do corredor havia uma porta diferente. Não diferente na cor, mais ela era duas portas. Ao abrir a porta meus olhos brilharam. Uma mini – não tão mini assim - biblioteca. Fiquei tonta vendo ou tentando ver todos os livros. Havia muitos. Grandes, pequenos. Grossos, finos. Amarelo, vermelho. Eram muitos.
- Você gosta de ler? - perguntou.
- Na verdade eu...
- Olha esse aqui - disse me cortando - Olha o tamanho dele. - Harry riu.
Ficamos mais um pouco ali e depois fomos até o último quarto antes desse. Fiquei inquieta e sem saber o que fazer. Nós entreolhamos sem saber o que dizer um ao outro.
- Acho que nossas roupas já estão aqui - diz ele indo até o guarda-roupa. Sim estavam lá. Harry pegou uma peça de roupa e se virou pra mim. - Vou deixar você à vontade. Qualquer coisa estou no quarto da frente.
Assenti e ele saiu. A primeira coisa que fiz foi sentar na cama e colar minhas ideias no lugar. Respirei fundo e fiz a mesma coisa que Harry. Estava uma noite agradável, nem fria nem calor. Peguei um pijama rosa que achei. Era uma calça larguinha e uma regata branca.
Com certa dificuldade consegui tirar o vestido. Cansada demais para esperar a banheira encher corri para o chuveiro.
Banho tomado, roupa trocada. Agora era só deitar e dormir.
Sai do banheiro dando de cara com Harry sentado na ponta da cama olhando o além. Ele vestia também uma calça, só que de moletom, e uma regata, só que preta. Levantou-se rapidamente quando me viu.
- É... Você quer comer alguma coisa antes? - fiz que não com a cabeça - É... Acho melhor dormir no outro quarto...
- Não - minha voz falhou - Não precisa.
Nem sabia o que estava falando. Seu olhar encontrou o meu, e fomos juntos deitar. Puxamos os lençóis e depois a coberta. Harry deitou de um lado e eu do outro, com certa distância.
- Boa noite.
- Boa noite Harry.
Virei de costas para Harry, o mesmo fez a mesma coisa. Fechei os olhos desejando que tudo não passasse de um sonho. E adormeci.



Notas:  Os capítulos não serão (algumas vezes) longos, pois estou escrevendo no wattpad. Comentem  ♥ 
@bordlh0ran

10 comentários:

  1. Continua *--*
    perfeito :33

    XxX Isaah XxX

    ResponderExcluir
  2. Coooontinua
    Perfeito
    <3

    xxxx Thauany

    ResponderExcluir
  3. Continua perfecr xoxo isabel

    ResponderExcluir
  4. Continuuuua <3 É a Melhor Fic que eu ja li <3

    ResponderExcluir
  5. Continuaaa!!!!!!
    vc escreve qual fic no wattpad?
    XxxMonike

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar!!! Pois é seu comentário que nos motiva a continuar e tentar fazer melhor sempre , amamos vocês pelo imenso carinho com a gente mesmo sem conhecer cada uma <3

Sue , Gaby , Helo , Raih e Vivian .